quinta-feira, 17 de maio de 2012

Nenhum poder humano consegue forçar o impenetrável reduto da liberdade de um coração.
François Fénelon

Nenhum comentário:

Postar um comentário