quinta-feira, 7 de junho de 2012

"A eternidade se estende à minha volta, embaixo, acima, à esquerda,
à direita, à frente, atrás, dentro e fora.
De olhos abertos, vejo-me como um pequeno corpo.
De olhos fechados, percebo-me como o centro cósmico
ao redor do qual gira a esfera da eternidade,
da bem-aventurança do onisciente espaço vivente."

(Yogananda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário