quarta-feira, 6 de junho de 2012

"A serenidade real não é tão visível na face como nos olhos.
Ninguém pode evitar ser sacudido, mas ser provocado e ainda manter-se
capaz de mergulhar e tocar sua própria força,
isto é mostrado somente através dos olhos.
Quando uma pedra é jogada na vida de tal pessoa
- uma crítica, um problema, um desafio - só a superfície fica agitada, nada mais".

Brahama Kumaris

Nenhum comentário:

Postar um comentário