terça-feira, 10 de julho de 2012

Somos as palavras que moram dentro de nós.
E a gente ama é a pessoa que tem o
poder de acordar as palavras bonitas e
desaprendidas, que moram em algum lugar
escuro e esquecido do nosso ser.
O corpo é uma carne possuída pelas palavras
que moram nele. E não adianta o rosto ser
bonito se as palavras que moram lá dentro
são feias. A beleza mora é nas palavras.

Rubem Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário