terça-feira, 10 de julho de 2012

"A velhice, com suas agruras, chega para todos.
Eu não me rebelo contra a ordem universal.
Afinal, mais de setenta anos.
Tive o bastante para comer.
Apreciei muitas coisas -
 a companhia de minha mulher, meus filhos,
o pôr-do-sol. Observei as plantas crescerem na primavera.
De vez em quando tive uma mão amiga para apertar.
Vez ou outra encontrei um ser humano
que quase me compreendeu.
Que mais posso querer?"

Sigmund Freud

Nenhum comentário:

Postar um comentário