segunda-feira, 13 de agosto de 2012


“O MAIS TRISTE DA VELHICE É A AUSÊNCIA DO AMANHÔ
(Cajal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário