quinta-feira, 5 de setembro de 2013

O amor é um ato de perdão
interminável...
um olhar terno que se converte
em hábito.

Peter Ustinov


Nenhum comentário:

Postar um comentário